Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Donald Trump fugiu ao Fisco durante uma década

Não pagou impostos em 10 dos últimos 15 anos. No ano em que foi eleito e no ano seguinte pagou apenas 645 euros.
Ricardo Ramos 29 de Setembro de 2020 às 08:38
Donald Trump declarou muito mais perdas do que ganhos durante anos, evitando desta forma ter de pagar imposto sobre os rendimentos
Donald Trump declarou muito mais perdas do que ganhos durante anos, evitando desta forma ter de pagar imposto sobre os rendimentos FOTO: Reuters
Uma investigação explosiva do ‘New York Times’ revelou que o presidente Donald Trump pagou apenas 750 dólares (645 euros) de imposto de rendimentos em 2016 e 2017. Pior do que isso, em 10 dos 15 anos anteriores nem sequer pagou nada porque declarou prejuízo apesar de liderar um verdadeiro império imobiliário com presença em dezenas de países e de se autoproclamar bilionário.

Segundo o ‘Times’, Trump “declarou muito mais perdas do que ganhos” durante anos, conseguindo desta forma evitar ter de pagar impostos. Isto apesar de, só em proveitos da série ‘O Aprendiz’ e direitos de merchandising, ter ganhado mais de 427 milhões de dólares (366 milhões de euros) até 2018.

Para evitar pagar impostos, Trump declarou na maioria dos anos prejuízos de “milhões ou dezenas de milhões” nos seus hotéis e campos de golfe espalhados pelo Mundo e não se coibiu de deduzir todos o tipo de despesas pessoais, incluindo gastos com residências e aviões privados. Só em despesas de cabeleireiro, o presidente declarou 70 mil dólares (60 mil euros), diz o ‘Times’, que revela ainda que Trump pagou 747 mil dólares (640 mil euros) em despesas de consultoria à filha, Ivanka, valor que foi deduzido como despesa na sua declaração de rendimentos. Tais manobras fiscais ajudaram Trump, por exemplo, a declarar um prejuízo de 47,4 milhões de dólares (40 milhões de euros) em 2018, ano em que as suas empresas tiveram um proveito acumulado de 434,9 milhões de dólares (373 milhões de euros). O jornal avança também que alguns dos negócios do presidente receberam avultadas verbas de “lobistas, governos estrangeiros e outros”, levantando dúvidas sobre um potencial conflito de interesses. Trump deve ainda mais de 300 milhões de dólares em empréstimos bancários, a maioria dos quais vence nos próximos quatro anos.

pormenores
“Notícias falsas”
Trump, que sempre recusou revelar as declarações de rendimentos, garantiu que as revelações do ‘Times’ não passam de “notícias falsas”. “Eu pago impostos. Vocês verão isso assim que as minhas declarações de rendimentos... estão a ser auditadas há muito tempo. O IRS não me trata nada bem”, afirmou.

Devolução de 72,9 milhões
Em 2010, o Fisco devolveu 72,9 milhões de dólares (62,5 M €) a Trump após este declarar avultadas perdas. Esse valor está a ser auditado há mais de uma década. Se Trump perder terá de pagar mais de 100 milhões.
Ver comentários