Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Dono de loja de vinhos de Maputo libertado após pagamento de resgate

Carlos Camurdine foi raptado ao princípio da noite do dia 3 de abril por três homens armados com AK-47.
26 de Junho de 2019 às 14:30
Maputo
Maputo
Maputo
Maputo
Maputo
Maputo
O dono de uma conhecida loja de vinhos de Maputo, raptado em março, foi libertado em troca do pagamento de um resgate, escreve esta quarta-feira o semanário Canal de Moçambique.

Citando um familiar da vítima, o jornal refere que Carlos Camurdine, com cerca de 60 anos, foi libertado no mês passado mediante o pagamento de um montante não divulgado e sem a intervenção da polícia.

Carlos Camurdine foi raptado ao princípio da noite do dia 03 de abril por três homens armados com AK-47, à saída do seu estabelecimento, no centro de Maputo.

As principais cidades moçambicanas foram palco de uma onda de raptos a partir de 2012, mas este tipo de crimes quase desapareceu nos últimos meses, aparentemente devido a uma série de detenções e condenações de pessoas envolvidas nesses delitos.
Maputo Canal de Moçambique Carlos Camurdine crime lei e justiça crime rapto Moçambique
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)