Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Casal envenenado com mesmo agente nervoso usado em ex-espião no Reino Unido

Vítimas têm cerca de 40 anos e foram hospitalizadas. Estão em estado crítico.
Lusa 4 de Julho de 2018 às 05:58
Dawn Sturgess
Charlie Rowley
Casal encontrado inconsciente no Reino Unido
Dawn Sturgess
Charlie Rowley
Casal encontrado inconsciente no Reino Unido
Dawn Sturgess
Charlie Rowley
Casal encontrado inconsciente no Reino Unido

Duas pessoas foram hospitalizadas em estado crítico no hospital de Salisbury, Inglaterra, depois de terem sido expostas a uma "substância desconhecida" em Amesbury, a poucos quilómetros onde o ex-espião russo Sergei Skripal foi envenenado em março.

Os dois pacientes "estão a receber tratamento para uma suposta exposição a uma substância desconhecida no Hospital de Salisbury", informou a polícia do condado de Wiltshire em comunicado, designando o evento como "um grave incidente".

As duas pessoas, um homem e uma mulher, ambos em seus quarenta anos, foram encontrados inconscientes no sábado, 30 de junho, numa casa na cidade de Amesbury, no sul da Inglaterra, localizada a cerca de dez quilômetros de Salisbury, onde Sergei Skripal e sua filha Yulia foram envenenados a 04 de março.

Polícia confirma agente 'novichok'
Em conferência de imprensa, as autoridades britânicas acabaram por confirmar o que já se esperava: o casal foi mesmo exposto ao agente 'novichok' e ambos permanecem em estado crítico.

Cerca de cem detetives estão a investigar o caso, mas as autoridades pedem às pessoas para não entrarem em pânico, uma vez que o nível de alerta e os riscos de voltar a acontecer algo similar são baixos.

No entanto, a polícia aconselha quem esteve perto da zona afetada para lavar as suas roupas para evitar potenciais contaminações. 

Salisbury Yulia Hospital de Salisbury Inglaterra Amesbury Sergei Skripal Wiltshire política
Ver comentários