Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Elefantes que carregavam turistas estão a passar fome na Tailândia por causa da pandemia

Falta de alimento está a tornar os animais violentos e há relatos de lutas entre eles.
Iúri Martins 1 de Abril de 2020 às 10:01
Elefantes que carregavam turistas estão a passar fome na Tailândia por causa da pandemia
Elefantes que carregavam turistas estão a passar fome na Tailândia por causa da pandemia
Elefantes que carregavam turistas estão a passar fome na Tailândia por causa da pandemia
Elefantes que carregavam turistas estão a passar fome na Tailândia por causa da pandemia
Elefantes que carregavam turistas estão a passar fome na Tailândia por causa da pandemia
Elefantes que carregavam turistas estão a passar fome na Tailândia por causa da pandemia
Elefantes que carregavam turistas estão a passar fome na Tailândia por causa da pandemia
Elefantes que carregavam turistas estão a passar fome na Tailândia por causa da pandemia
Elefantes que carregavam turistas estão a passar fome na Tailândia por causa da pandemia
É um caso de vida ou de morte. A pandemia de coronavírus está a deixar cerca de dois mil elefantes acorrentados e a morrer à fome na Tailândia. Não há turistas, não há receitas, não há comida para alimentar os animais que carregavam os viajantes pelos lugares turísticos da Tailândia.

Existem casos de elefantes com as patas presas durante a maior parte do dia, não comem porque os donos não têm dinheiro para os alimentar. A falta de alimento está a torná-los violentos e há relatos de lutas entre eles.

A meio de março, as autoridades ordenaram o encerramento temporário de todos os parques de elefantes para evitar a propagação da Covid-19. A maior parte destes negócios aluga os elefantes mensalmente por valores que variam entre 640 e 1100 euros, segundo a AFP.

A propagação do novo coronavírus está a arrasar o negócio e o cenário promete continuar nos próximos tempos. O turismo praticamente não existe e a fragilidade da economia mundial promete tempos difíceis após o pico da pandemia.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)