Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Embaixadas e consulados em Cabo Verde começam a encerrar devido ao coronavírus

Consulados de Portugal, Estados Unidos da América ou Espanha, começaram a encerrar todos os serviços por tempo indeterminado.
Lusa 18 de Março de 2020 às 11:44
Bandeira de Cabo Verde
Bandeira de Cabo Verde FOTO: Getty Images
As principais embaixadas e consulados na cidade da Praia, como Portugal, Estados Unidos da América ou Espanha, começaram a encerrar todos os serviços por tempo indeterminado, como medida preventiva face ao alastramento da pandemia do novo coronavírus.

Numa mensagem divulgada pela embaixada de Portugal na capital cabo-verdiana é referido que a partir desta quarta-feira, e "até nova indicação", fica "suspenso o atendimento presencial" na secção consular, relativo a todos os assuntos da área consular, como emissão e renovação de passaporte, de cartão de cidadão, de registo civil e notariado.

"Os utentes que tenham agendamentos em vigor serão contactados logo que os serviços sejam retomados", refere a mensagem da embaixada, admitindo apenas receber pedidos urgentes "devidamente justificados".

Já a embaixada norte-americana na Praia informa, em comunicado, que a partir de quinta-feira vai "cancelar as marcações de rotina" dos serviços aos cidadãos norte-americanos ou de pedidos de visto em passaporte.

"Retomaremos os serviços de rotina o mais rápido possível, mas não podemos fornecer uma data específica do momento em que iremos entrar em contacto com os requerentes já agendados", acrescenta a nota da embaixada dos Estados Unidos.

Já a partir desta quarta-feira fica "suspenso até nova indicação" o serviço de atendimento ao público e pedidos de vistos na embaixada de Espanha na capital cabo-verdiana.

Na terça-feira tinha já sido suspensa a emissão em Cabo Verde de vistos em passaporte para 19 países europeus, por tempo indeterminado, com o encerramento do Centro Comum de Vistos (CCV) da Praia, devido à pandemia de Covid-19.

De acordo com uma nota divulgada pela instituição sobre o seu "encerramento temporário", o CCV da Praia não tem previsão para reabertura, mantendo-se um "serviço mínimo" apenas para entrega de passaportes que ainda se encontrem nas instalações.

Cabo Verde proíbe a partir de quinta-feira as ligações aéreas oriundas de 26 países, incluindo Portugal e Brasil, devido à pandemia do novo coronavírus, segundo resolução do Conselho de Ministros publicada terça-feira em Boletim Oficial.

Até ao momento, todos as análises aos vários casos suspeitos de Covid-19 em Cabo Verde deram resultado negativo e com esta decisão, na prática, o país fecha-se ao exterior.

O novo coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou mais de 189 mil pessoas, das quais mais de 7.800 morreram.

Das pessoas infetadas em todo o mundo, mais de 81 mil recuperaram da doença.

O surto começou na China, em dezembro, e espalhou-se por mais de 146 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde a declarar uma situação de pandemia.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)