Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Encarcerado após acidente envia "último adeus" a família antes de perder os sentidos

Homem sofreu lesões muito graves e ficou sem as duas pernas. Achou que não ia sobreviver.
Correio da Manhã 11 de Agosto de 2020 às 12:00
Nick e Nikki
Nick e Nikki FOTO: DR

Um homem inglês de 47 anos sofreu um grave acidente de viação e, enquanto estava encarcerado nos destroços e achava que ia morrer, usou as suas últimas forças, antes de perder a consciência, para enviar uma mensagem de adeus à sua família. Nick Copson, como por milagres, sobreviveu, apesar de ter perdido as duas pernas e ter ficado com inúmeras lesões internas.

O chef inglês revela agora que a mensagem que deixou foi de voz e que durou 12 segundos. Ao Mirror, Nick e a mulher, Nikki recordaram o episódio traumático. 

"Consegui encontrar o meu telemóvel entre os destroços e consegui gravar uma mensagem para a Nikki e para o nosso filho, Connor", recorda o homem. Quando os serviços de emergência chegaram ao local do acidente, também estavam convencidos de que a vítima não sobreviveria.

Nick tinha sofrido várias fraturas nas pernas, costelas partidas, vértebras desfeitas e uma lesão na coluna vertebral, que o deixou imobilizado quase dois anos.

Nikki, na altura do acidente, conta que estava numa consulta médica e que ouviu a notícia do acidente a passar na rádio. "Tive uma espécie de enjoo e senti que algo não estava bem. Liguei ao meu marido e quem atendeu foi um polícia", recorda em lágrimas a mulher.

"Quando a polícia encontrou o telefone, viram que havia uma mensagem gravada e informaram a Nikki. Eu tinha a certeza que não ia sair dali vivo e por isso decidi dizer-lhes: ‘Não posso abandonar este planeta sem vos dizer adeus’. Tinha que lhes deixar um último conforto, não é?", recorda.

Sem revelar todo o contudo da mensagem que deixou, Nikki adianta que "foi uma mensagem profundamente emocional e arrepiante".

Nick está agora a recuperar, a pouco e pouco, alguns movimentos com sessões intensivas de fisioterapia.

Nick Copson Nikki artes cultura e entretenimento morte questões sociais acidentes e desastres
Ver comentários