Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Espanha estuda possibilidade de uso de máscara em todos os espaços públicos

Ministro da Saúde espanhol pediu a opinião às comunidades sobre a imposição de máscaras à população que saia de casa.
Correio da Manhã 13 de Maio de 2020 às 08:08
Coronavírus Espanha
Coronavírus Espanha FOTO: Reuters
O uso ou não de máscara foi uma das principais dúvidas no início da pandemia, não só em Portugal, mas também em Espanha.

O Ministério da saúde espanhol começou por não a recomendar e roulou-as como "desnecessárias". No entanto, começou a recomendá-las umas semanas depois até se tornarem obrigatórias a 4 de maio.

Agora, a máscara poderá vir a tornar-se obrigatória em praticamente todos os espaços públicos do país.

Segundo o jornal El País, durante o Conselho Interterritorial de Saúde da passada segunda-feira, o ministro Salvador Illa pediu a opinião às comunidades sobre a imposição de máscaras à população que saia de casa.

Até ao momento o seu uso é obrigatório nos transportes públicos e é igualmente recomendada em casos onde a distância mínima de segurança de dois metros não esteja garantida.

"Temos que exagerar um pouco e, desde que seja para evitar riscos é aceitável, mas nem todos podem usá-la da mesma maneira e pelo mesmo período de temp. Não há problema se a usarem por alguns minutos no metro ou no autocarro, mas se for usada durante mais tempo, pode causar problemas em pessoas com ansiedade ou com restrições respiratórias graves, e também nas crianças", explicou Fernando Simón ao jornal espanhol.

Pedro Gullón, membro da Sociedade Espanhola de Epidemiologia, afirmou que as recomendações sobre o uso da máscara poderão aumentar em espaços fechados quando for mais difícil manter a distância de segurança.

As regiões de Andaluzia, Madrid e Múrcia são as comunidades mais favoráveis à expansão desta recomendação.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)