Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Especialista avisa que próximas semanas vão ser "as mais negras da pandemia"

Osterholm garante que Estados Unidos serão os mais afetados nos próximos tempos.
Correio da Manhã 19 de Outubro de 2020 às 07:37
Michael Osterholm
Michael Osterholm FOTO: Facebook
O pior ainda está por vir. Este é o alerta que ninguém quer ouvir, mas é o que Michael Osterholm, especialista de renome em doenças infecciosas, defende. 

As próximas semanas vão ser "as mais negras da pandemia", garante em programa de televisão da NBC. Para este especialista, no caso americano será dos mais dramáticos dada a gestão de Donald Trump nos últimos meses que levou muitos norte-americanos a ter dificuldade em distinguir o que é ou não verdade e que conselhos devem seguir. 

"As pessoas não sabem em que acreditar, e esse é um dos nossos maiores desafios no futuro, passar uma mensagem ao público que reflita a ciência e a realidade", explicou Osterholm.

Quanto à imunidade de grupo, o especialista garante que só é viável quando os cidadãos passam por um programa de vacinação e este ainda demorará a estar disponível. 

Esta sexta-feira, havia 70 mil novos casos de coronavírus nos EUA - o maior número desde julho. Osterholm acredita que esse recorde voltará a ser ultrapassado. 

 

Michael Osterholm questões sociais sociedade (geral)
Ver comentários