Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Estados Unidos autorizam Boeing 737 MAX a voltar a voar

Decisão anunciada quase dois anos depois da proibição na sequência de dois acidentes que mataram 346 pessoas em cinco meses.
Lusa 18 de Novembro de 2020 às 14:54
Boeing 737 MAX
Boeing 737 MAX FOTO: DR
Os Estados Unidos autorizaram hoje que o Boeing 737 MAX volte a voar, quase dois anos depois da proibição na sequência de dois acidentes que mataram 346 pessoas em cinco meses, foi anunciado pelo regulador do tráfego aéreo.

Várias modificações terão de ser feitas nos aviões antes destes poderem voltar a entrar em operação.

A administração federal de aviação dos Estados Unidos (FAA), o regulador de tráfego aéreo do país, também disse hoje num comunicado que ainda não aprovou a formação necessária para os pilotos antes do Boeing 737 MAX poder voltar a ser pilotado.

Estados Unidos Boeing MAX economia negócios e finanças transportes aviação
Ver comentários