Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Estátuas de Cristóvão Colombo alvo de vandalismo

Várias obras do navegador italiano foram destruídas durante os protestos antirracismo.
Maria Vaz 12 de Junho de 2020 às 08:46
A cabeça da estátua de Cristóvão Colombo, em Boston, Massachusetts, foi retirada e posteriormente partida
A cabeça da estátua de Cristóvão Colombo, em Boston, Massachusetts, foi retirada e posteriormente partida FOTO: Reuters
Manifestantes derrubaram e vandalizaram estátuas de Cristóvão Colombo e de líderes da Confederação dos estados esclavagistas na Guerra Civil americana em algumas cidades dos Estados Unidos. Estes atos de vandalismo têm aumentado durante as manifestações das últimas semanas contra o racismo e a violência policial, na sequência da morte de George Floyd.

Em Saint Paul, no Minnesota, uma estátua de Colombo foi esta quinta-feira derrubada, mas esta não foi a única do navegador italiano a ser vandalizada nos últimos dias. Terça-feira, um monumento erguido a Colombo em 1927 foi vandalizado em Richmond, na Virgínia, tendo sido posteriormente atirado para um lago. Já quarta-feira, em Boston, uma estátua do explorador tinha sido decapitada.

A estátua de Saint Paul foi arrancada por uma pequena multidão, liderada por um ativista nativo americano, para quem "era a coisa certa a fazer e era a altura certa para o fazer", em alusão aos protestos antirracismo que se têm multiplicado no país.

Os ativistas nativos americanos opõem-se às homenagens a Cristóvão Colombo afirmando que as suas expedições às Américas levaram à colonização e ao genocídio dos seus antepassados.

Entretanto um dos quatro polícias, Thomas Lane, que estava acusado da morte de George Floyd foi libertado quarta-feira, depois de pagar uma fiança de 750 mil dólares (660 mil euros). Os restantes agentes da polícia continuam presos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)