Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

"Estes polícias amam-vos": Xerife junta-se a manifestantes contra morte de George Floyd

Numa marcha pacífica, os protestantes gritaram pelo cidadão afro-americano morto por um agente da polícia na cidade de Minneapolis.
SÁBADO 1 de Junho de 2020 às 11:30
xerife george floyd eua
xerife george floyd eua
Num gesto de solidariedade, um xerife do estado do Michigan juntou-se a um grupo de manifestantes contra a violência policial nos Estados Unidos. Numa marcha pacífica, os protestantes gritaram "por George Floyd", o cidadão afro-americano que foi morto por um agente da polícia na cidade de Minneapolis no início desta semana.

Chris Swanson, xerife do condado de Genesee, marchou ao lado dos cidadãos na cidade de Flint. "Tirei o meu capacete e baixei o meu bastão. Quero fazer disto uma parada e não um protesto", disse.

Swanson quis mostrar que os seus agentes se preocupam com a comunidade e percebem que se queiram fazer ouvir. "Estes agentes amam-vos. Aquele polícia ali [e aponta] abraça as pessoas. Por isso, digam-nos o que precisamos de fazer", continuou.

Os manifestantes levavam cartazes e gritavam enquanto caminhavam pelas ruas até à sede da polícia. Os protestos pacíficos duraram várias horas, de acordo com os meios de comunicação locais.

"Não nos podemos esquecer que os nossos carros da polícia por toda a nação dizem 'proteger e servir'. Isso significa todas as pessoas, isso significa que todas as pessoas merecem a mesma dignidade", disse o xerife à estação de televisão WJRT. "Se não consegues impedir o que está errado, tenta fazer o que está certo".

O momento foi partilhado nas redes sociais.



Na sexta-feira, um tribunal norte-americano acusou o agente Derek Chauvin de assassínio em terceiro grau e de homicídio involuntário pela morte de George Floyd, de 46 anos.

Pela quinta noite consecutiva, confrontos entre manifestantes e polícias têm abalado as principais cidades dos Estados Unidos, colocadas sob recolher obrigatório.

Donald Trump prometeu "travar a violência coletiva", após várias noites de distúrbios em Minneapolis.

Segundo a agência de notícias Associated Press, a polícia deteve cerca de 1.400 pessoas em 17 cidades norte-americanas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)