Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

“Estou assustada”: a última mensagem de uma mulher que morreu de coronavírus para a irmã

Funcionária de lar de idosos deixa três filhos.
Correio da Manhã 7 de Abril de 2020 às 09:21
“Estou assustada”: a última mensagem de uma mulher que morreu de coronavírus para a irmã
“Estou assustada”: a última mensagem de uma mulher que morreu de coronavírus para a irmã FOTO: Direitos Reservados

Lindsay Marshall, de 44 anos, contraiu coronavírus e acabou por morrer no sábado passado num hospital em Oldham, no Reino Unido.

A mulher, mãe de três crianças, sofria de problemas graves na tiroide e tinha asma. Começou a sentir-se doente e com sintomas semelhantes aos do Covid-19, no entanto, optou por ficar em casa a tomar antibiótico. Mas o seu estado piorou, tendo de ser hospitalizada. Foi então que foi diagnosticada com coronavírus.

Três dias depois, foi sedada e transferida para os cuidados intensivos. Momentos antes, mandou uma mensagem de texto à irmã, Karen. Foi a última vez que falaram. 

"Vou ser sedada. Estou assustada", foram as últimas palavras escritas por Lindsay à irmã. 

A britânica trabalhava num lar de idosos há já sete anos.

Lindsay Marshall Oldham Reino Unido saúde questões sociais doenças morte
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)