Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

"Quando vamos fazer alguma coisa?": Treinador da NBA furioso com políticos após tiroteio nos EUA

Steve Kerr mostrou-se indignado com o crime que vitimou 21 pessoas.
Correio da Manhã 25 de Maio de 2022 às 13:27
A carregar o vídeo ...
"Estou cansado dos minutos de silêncio": Treinador da NBA furioso com políticos após tiroteio no Texas
O treinador da equipa de basquetebol Golden State Warriors, Steve Kerr, deu na madrugada desta terça-feira uma conferência de imprensa emocionada onde falou sobre o tiroteio que vitimou 19 crianças e duas professoras numa escola primária no Texas, Estados Unidos da América.

Kerr recusou falar sobre o playoff que está a ser disputado com os Dallas Mavericks e, indignado, sublinhou a importância de tomar medidas para evitar crimes como o cometido por Salvador Ramos, o autor do crime no estabelecimento de ensino. "Todas as questões sobre basquetebol não importam para nada. Quando vamos fazer alguma coisa? Estou tão cansado de vir aqui e dar as minhas condolências aos familiares. Estou cansado dos minutos de silêncio. Chega!", gritou o treinador, visivelmente emocionado.

O técnico não deixou de fora do seu comentário as críticas ao senado. "Eu pergunto-lhe, Mitch McConnell [Líder da Minoria do Senado dos Estados Unidos], e a todos os senadores que se recusam a fazer alguma coisa sobre violência, tiroteios em escolas, tiroteios em supermercados... Eu pergunto-vos: quando vão deixar de pôr os vossos desejos de poder à frente da vida dos nossos filhos, dos nossos idosos e dos nossos fiéis? Porque é isso que parece", acrescentou.

O pai de Steve Kerr foi assassinado em 1984 durante um ataque levado a cabo por dois extremistas na Universidade Americana de Beirute, no Líbano.
Ver comentários
}