Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Estrela porno japonesa Rina Arano encontrada morta e nua atada a uma árvore

Suspeito da morte da jovem de 23 anos já foi detido.
Correio da Manhã 30 de Junho de 2022 às 10:45
Rina Arano tinha 23 anos
Rina Arano tinha 23 anos FOTO: Direitos Reservados

A polícia japonesa encontrou o corpo de uma jovem de 23 anos, nu e atado a uma árvore na floresta de Hitachiota, em Ibaraki, no Japão. As autoridades identificaram a vítima como sendo Rina Arano, famosa atriz pornográfica japonesa que estava desaparecida desde o dia 8 de junho.

"Rina Arano foi despida e atada a uma árvore. Estava morta há quase duas semanas", adianta a polícia local. A autópsia ao corpo determinou que a causa da morte foi uma fratura no osso hioide, que serve de junção dos vários músculos frontais do pescoço.

Segundo o The Japan Times, já foi detido o principal suspeito. Trata-se de Hiroyuki Sanpei.

O homem nega ter matado a atriz porno, mas admite ter-se encontrado com ela. Os dois trocaram mensagens nas redes sociais e encontraram-se na estação de comboios de Mito.

Após este encontro, Sanpei terá tentado levar a jovem para sua casa em Hitachiota. No testemunho que deu às autoridades, diz que atou as mãos da atriz de filmes para adultos, mas com o seu consentimento. Depois deixou-a numa superfície comercial.

Câmaras de vigilância mostram o carro do suspeito, com Rina no interior, a seguir para a zona de Hitachiota, onde mora Sanpei e onde Rina foi encontrada morta. Câmaras de videovigilância mostram depois a mesma viatura a circular perto da floresta onde foi descoberto o corpo da jovem.

A polícia encontrou o telemóvel de Rina dentro de casa de Hiroyuki Sanpei. A investigação ao misério da morte da atriz porno continua.

Rina Arano Hiroyuki Sanpei Hitachiota questões sociais morte
Ver comentários
}