Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Estudo estima taxa de mortalidade do coronavírus entre 1% e 2% em Nova Iorque

Valor é mais alto do que o identificado em qualquer outro lugar do mundo.
Lusa 2 de Julho de 2020 às 07:23
Coronavírus em Nova Iorque
Coronavírus em Nova Iorque FOTO: Reuters
Um estudo preliminar de uma universidade norte-americana estima que entre 1% e 2% dos nova-iorquinos infetados com covid-19 morreram, uma taxa de mortalidade mais alta do que a identificada em qualquer outro lugar do mundo.

O estudo, da Universidade de Columbia, financiado pelo Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas, o Programa de Respiração Rápida da Fundação Nacional de Ciências e o Departamento de Saúde de Nova Iorque, é um documento pendente de avaliação, antes de ser publicado e abrir um debate.

O documento foi divulgado no servidor "MedRxiv" e estima o risco de mortalidade por infeção (IFR, na sigla em inglês) em geral e em cinco grupos etários durante o período entre 01 de março e 16 de maio, em Nova Iorque, quando se contabilizaram mais de 191 mil casos de contágio pelo novo coronavírus e mais de 20 mil mortes confirmadas ou prováveis.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Nova Iorque saúde
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)