Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

EUA doam aviões e armas para as Filipinas combaterem o Daesh

Relações entre os chefes de Estado norte-americano e filipino não são as melhores mas o foco é combater um inimigo comum.
Lusa 27 de Julho de 2017 às 17:21
Estados Unidos, Filipinas, embaixador norte-americano, Estado Islâmico, Manila, Sung Kim, Cessna C208B, ministro da Defesa das Filipinas, Donald Trump, Delfin Lorenzana, AFP, Rodrigo Duterte, Washington, política, defesa, distúrbios, guerras e conflitos, economia, negócios e finanças
Estados Unidos, Filipinas, embaixador norte-americano, Estado Islâmico, Manila, Sung Kim, Cessna C208B, ministro da Defesa das Filipinas, Donald Trump, Delfin Lorenzana, AFP, Rodrigo Duterte, Washington, política, defesa, distúrbios, guerras e conflitos, economia, negócios e finanças
Estados Unidos, Filipinas, embaixador norte-americano, Estado Islâmico, Manila, Sung Kim, Cessna C208B, ministro da Defesa das Filipinas, Donald Trump, Delfin Lorenzana, AFP, Rodrigo Duterte, Washington, política, defesa, distúrbios, guerras e conflitos, economia, negócios e finanças
Estados Unidos, Filipinas, embaixador norte-americano, Estado Islâmico, Manila, Sung Kim, Cessna C208B, ministro da Defesa das Filipinas, Donald Trump, Delfin Lorenzana, AFP, Rodrigo Duterte, Washington, política, defesa, distúrbios, guerras e conflitos, economia, negócios e finanças
Estados Unidos, Filipinas, embaixador norte-americano, Estado Islâmico, Manila, Sung Kim, Cessna C208B, ministro da Defesa das Filipinas, Donald Trump, Delfin Lorenzana, AFP, Rodrigo Duterte, Washington, política, defesa, distúrbios, guerras e conflitos, economia, negócios e finanças
Estados Unidos, Filipinas, embaixador norte-americano, Estado Islâmico, Manila, Sung Kim, Cessna C208B, ministro da Defesa das Filipinas, Donald Trump, Delfin Lorenzana, AFP, Rodrigo Duterte, Washington, política, defesa, distúrbios, guerras e conflitos, economia, negócios e finanças
Os Estados Unidos doaram dois aviões de vigilância e começaram a fornecer armas às Filipinas para ajudar o seu aliado asiático a lutar contra o Estado Islâmico, anunciou esta quinta-feira o embaixador norte-americano em Manila.

"Essas aeronaves representam a manifestação mais recente de tudo o que a nossa aliança é suposto ser, uma parceria entre dois velhos amigos, dois fortes aliados que trabalham juntos, lutam juntos e vencem juntos os seus inimigos", disse o embaixador Sung Kim ao ministro da Defesa das Filipinas, Delfin Lorenzana.

Os dois Cessna C208B, cujo valor ronda os 30 milhões de dólares, servirão para comabter os terroristas do autoproclamado Estado Islâmico e, também, para patrulhar as fronteiras marítimas das Filipinas, de acordo com a AFP.

Apesar de as relações entre os chefes de Estado norte-americano e filipino, Donald Trump e Rodrigo Duterte, não serem exatamente as melhores, segundo a imprensa, a entrega de aeronaves e equipamento militar são os mais recentes apoios de Washington a Manila, e servem para combater um inimigo comum.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)