Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Ex-atleta olímpica dos EUA prostituta de luxo em Las Vegas

A ex-atleta norte-americana Suzy Favor Hamilton, que participou em três Jogos Olímpicos, confirmou na sua conta de Twitter que se converteu em prostituta de luxo, como foi avançado nesta quinta-feira pelo site The Smoking Gun. "Assumo total responsabilidade. Toda a gente neste Mundo comete erros. Eu cometi um enorme", escreveu a mulher de 44 anos.
20 de Dezembro de 2012 às 22:00
Esta era uma das fotografias da ex-atleta olímpica no site da agência de acompanhantes
Esta era uma das fotografias da ex-atleta olímpica no site da agência de acompanhantes FOTO: D.R.

Segundo o The Smoking Gun, Suzy Favor Hamilton trabalhou ao longo de 2012 para uma agência de acompanhantes de Las Vegas, na qual adoptou o 'nome de guerra' Kelly Lundy.

Cobrava 600 dólares (cerca de 450 euros) à hora, acrescidos de mais 50 por cento por alguns actos sexuais, mas chegava a facturar seis mil dólares (cerca de 4500 euros) se um cliente pretendesse a sua companhia durante 24 horas. E revelou o seu nome a alguns, o que levou a que fosse descoberta.

Em 2006, depois de terminar a carreira desportiva, a meio-fundista começou a fazer palestras e abriu uma imobiliária com o marido, a única pessoa da família a tomar conhecimento do que fazia em Las Vegas. "Tentou que eu parasse. Não me apoiava", disse.

Depois de ser contactada pelo site norte-americano, Suzy Favor Hamilton disse que espera "voltar a ser uma boa mãe, esposa, filha e amiga".

A atleta olímpica justificou o recurso à prostituição com uma depressão relacionada com problemas no casamento.

Suzy Favor Hamilton participou nos Jogos Olímpicos de 1992 e de 1996, mas foi em 2000 que esteve perto de conquistar uma medalha. Estava na final dos 1500 metros em Sidney quando, a apenas 200 metros da meta, começou a ser ultrapassada e acabou por cair na pista.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)