Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Extrato de algas é mais eficaz que o remdesivir para bloquear infeção por Covid-19

Testes anteriores mostram que a técnica utilizada pelos cientistas neste caso funciona também para outros vírus como a Gripe A, dengue ou zika.
Correio da Manhã 29 de Julho de 2020 às 17:03
Coronavírus
Coronavírus FOTO: EPA
Um extrato de algas comestível mostrou-se mais eficaz no bloqueio da infeção pela SARS-CoV-2 - Covid-19 - em células mamíferos do que o antiviral remdesivir, utilizado em Portugal para combater o novo coronavírus.

O artigo, publicado na Cell Discovery, analisou a atividade antiviral de três variantes da heparina anticoagulante e dois fucoidanos extraídos de algas Os investigadores compararam a eficácia dos compostes em testes laboratoriais comparativamente ao remdesivir.

A investigação do Instituto Politécnico Rensselear, em Nova Iorque, nos EUA, faz parte de uma estratégia de desenvolvimente de um antivírus para combater a Covid-19.

Testes anteriores mostram que a técnica utilizada pelos cientistas neste caso funciona também para outros vírus como a Gripe A, dengue ou zika.

Dos compostos analisados no estudo, o extrato de algas RPI-27 foi o mais potente, suplantando o remdesivir - que já foi utilizado para tratar 133 doentes infetados com Covid-19 em Portugal.
Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Covid-19 SARS-CoV-2 Portugal ciência e tecnologia ciências marinhas coronavírus
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)