Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Fábrica de carne multada por morte de quatro trabalhadores com Covid-19 e mais de mil infeções

Empresa dos EUA não adotou as medidas necessárias para proteger os trabalhadores contra a pandemia.
Lusa 11 de Setembro de 2020 às 07:30
Carne
Carne FOTO: Getty Images
Uma fábrica de carne nos EUA na origem da infeção de mais de mil trabalhadores com covid-19, de que resultaram quatro mortes, enfrenta uma multa de 13.494 dólares (11.399 euros), o máximo legal, anunciaram as autoridades.

A notificação da multa, que não é definitiva, aconteceu na quinta-feira pela Administração de Segurança e Saúde no Trabalho (OSHA, na sigla em inglês), que concedeu à empresa, subsidiária do grupo WH na China, o maior conglomerado de carne de porco do mundo, 15 dias úteis para responder ou contestar as conclusões.

Segundo o organismo, a fábrica, propriedade da gigante Smithfield Food e sediada em Sioux Falls, no estado do Dakota do Sul, não adotou as medidas necessárias para proteger os trabalhadores contra a pandemia, resultando na infeção de pelo menos 1.294 trabalhadores e na morte de quatro, referiu a OSHA em comunicado.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Covid-19 EUA OSHA economia negócios e finanças morte covid-19 carne coronavírus fábrica coronavírus
Ver comentários