Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Fábrica de testes à covid-19 destrói zaragatoas após Trump fazer visita sem máscara

Presidente norte-americano fingiu estar a ser testado.
Correio da Manhã 8 de Junho de 2020 às 09:58
Presidente dos EUA, Donald Trump
Presidente dos EUA, Donald Trump FOTO: Reuters

Uma fábrica de testes para detetar a covid-19 foi forçada a destruir parte da sua produção após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ter visitado o espaço sem máscara. 

O presidente norte-americano viajou para Maine esta sexta-feira numa visita a uma fábrica de zaragatoas usadas para os testes à covid-19 e essas zaragatoas terão agora como destino o lixo. 

A Puritan Medical Products assumiu que terá de descartar parte da produção mas não especificou a razão para a destruição nem a quantidade que será destruída, segundo avançou ao USA Today. 

A presença de Donald Trump contrastou com os trabalhadores da fábrica que se apresentaram altamente protegidos com todas as normas de segurança a serem cumpridas. Enquanto Trump não envergou máscara, os funcionários da empresa apresentaram-se vestidos com botas de plástico, chapéus, máscaras e óculos.

O presidente norte-americano foi ainda mais longe e chegou a fingir que estava a fazer o teste à covid-19.

A Puritan, que recebeu milhões de dólares do governo norte-americano para duplicar a produção, é uma das duas únicas empresas que produz o tipo de zaragatoa necessário para os testes de coronavírus.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Puritan Medical Products Donald Trump distúrbios guerras e conflitos
Ver comentários