Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Fiasco de comício nos Estados Unidos deixa Donald Trump "furioso"

Campanha nega que apelos nas redes sociais tenham reduzido assistência e culpa imprensa.
Ricardo Ramos 23 de Junho de 2020 às 08:45
Bancadas semivazias deixaram Trump chocado e furioso
Trump desanimado com comício
Bancadas semivazias deixaram Trump chocado e furioso
Trump desanimado com comício
Bancadas semivazias deixaram Trump chocado e furioso
Trump desanimado com comício
A visão de filas intermináveis de cadeiras vazias na arena do BOK Center de Tulsa, no sábado à noite, deixou Donald Trump chocado e furioso, revelou o ‘New York Times’. O diretor de campanha Brad Parscale, que tinha anunciado a presença de mais de um milhão de pessoas no comício, foi o principal alvo das críticas e o seu lugar pode estar em risco.

De acordo com os bombeiros de Tulsa, estiveram no pavilhão cerca de 6200 pessoas. A campanha de Trump diz que foram 12 mil, mas a realidade é que a arena, com capacidade para 19 mil pessoas, estava longe de estar cheia. Um palco montado no exterior para Trump discursar aos apoiantes que não conseguiram bilhete foi desmontado à pressa, enquanto, nos bastidores, o presidente olhava em choque para as bancadas semivazias.

A reduzida afluência estará relacionada, em parte, com uma campanha massiva de jovens utilizadores da rede social Tik Tok e fãs de música pop coreana, que se uniram para reservar milhares de bilhetes, impedindo que muitos apoiantes de Trump estivessem presentes e levando os assessores do presidente a preverem um banho de multidão que nunca aconteceu. Parscale nega e garante que a culpa foi das “notícias falsas” sobre os riscos de contágio de Covid-19 e de protestos do movimento Black Lives Matter, que deixaram as pessoas com medo de assistir. n *com agências


Redução de testes foi “brincadeira”
A Casa Branca garantiu que Trump “estava a brincar” quando disse no comício que tinha mandado reduzir o número de testes de Covid-19 para que os EUA não tivessem tantos casos. “Quando fazemos mais testes temos mais casos. Por isso, pedi para reduzirem os testes”, disse.

Cabisbaixo no regresso à Casa Branca
Depois da explosão de fúria inicial, Trump remeteu-se ao silêncio e mostrou-se cabisbaixo no regresso a Washington, segundo os repórteres que o acompanharam. Ao aterrar no relvado da Casa Branca, “tinha uma expressão derrotada no rosto” e recusou responder às perguntas dos jornalistas, caminhando lentamente com um boné de campanha amarrotado na mão. Ao contrário do que é hábito, não comentou o comício no Twitter.

PORMENORES
Contra remoção de estátua
Trump manifestou-se esta segunda-feira contra a intenção do Museu de História Natural de Nova Iorque de mandar retirar a estátua de Theodore Roosevelt da entrada do edifício, por representar o antigo presidente a cavalo junto a um nativo e a um africano.

Polícia suspenso
Um polícia de Nova Iorque foi suspenso de funções após vir a público um vídeo que mostra o agente a estrangular um afro-americano durante uma detenção no bairro de Queens, no domingo. A vítima foi hospitalizada e o caso está a ser investigado.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)