Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Fotógrafo suíço morre congelado nas ruas de Paris

René Robert ficou deitado no chão durante nove horas sem que ninguém lhe prestasse auxílio.
Correio da Manhã 28 de Janeiro de 2022 às 10:30
René Robert
René Robert
René Robert morreu vítima de hipotermia, aos 85 anos, em Paris, na madrugada de dia 18 para 19 de janeiro. O fotógrafo tinha saído para um passeio perto da Praça da República, no centro da capital francesa, como contou o jornalista e amigo Michel Mompontet à estação de rádio France Info. O artista ficou nove horas ao frio deitado num passeio, após uma queda, sem que ninguém lhe prestasse auxílio. 

Os bombeiros receberam o alerta por volta das 6h30, por um sem-abrigo, e quando a equipa médica chegou ao local já não conseguiu reanimá-lo. "Se esta morte pode servir qualquer propósito, seria este: quando uma pessoa está deitada no chão, mesmo que estejamos com pressa, vamos verificar o seu estado. Vamos parar por um momento. Esta morte trágica revela algo horrível sobre a nossa solidariedade para com os nossos semelhantes", disse Michel Mompontet.

O fotógrafo ficou conhecido pelos retratos do mundo do flamenco, sempre a preto e branco. 
Ver comentários