Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Fronteiras internas com reabertura marcada para segunda-feira

Evolução positiva do vírus leva a abertura de fronteiras.
Maria Vaz 12 de Junho de 2020 às 08:46
Portugal e Espanha só abrem fronteiras no final do mês de junho
Portugal e Espanha só abrem fronteiras no final do mês de junho FOTO: Nuno André Ferreira
A Comissão Europeia propôs esta quinta-feira que a reabertura das fronteiras internas de todos os países da União Europeia seja feita a partir de 15 de junho, próxima segunda-feira, tendo em conta a evolução positiva e rápida da situação epidemiológica na Europa.

Já Portugal e Espanha confirmaram ontem que vão manter as suas fronteiras terrestres fechadas até ao "final de junho", ao contrário dos restantes países da UE. Portugal e Espanha já tinham anunciado que irão abrir as suas fronteiras terrestres a partir de 1 de julho.

A ministra dos Negócios Estrangeiros espanhola, Arancha González Laya, afirmou que o país vai levantando as fronteiras "de forma coordenada, (...) e evitar movimentos unilaterais" para "proteger a saúde" dos seus cidadãos. Em cooperação com as medidas impostas por Madrid, França confirmou que vai manter as restrições na fronteira com Espanha até 21 de junho.

Proteína BTK inibe reação inflamatória
Um grupo de pacientes hospitalizados com Covid-19 nos EUA melhorou, após receber um medicamento capaz de inibir a reação inflamatória descontrolada, nos casos em que a doença se encontra num estado mais avançado. Segundo a Science Immunology, a experiência feita com este grupo de doentes revelou que a proteína BTK é fundamental para travar a reação inflamatória.

PORMENORES
Meio milhão sem emprego
A França perdeu meio milhão de empregos no primeiro trimestre deste ano, a maior redução trimestral desde, pelo menos, 1990. O setor privado foi o mais penalizado (497 400).

Abertura ao turismo
Cuba aprovou ontem uma estratégia de desconfinamento, após o controlo da epidemia da Covid, com medidas a implementar gradualmente, a começar pela promoção do turismo nacional.

Cortes na Lufthansa
A Lufthansa alertou ontem que estão em perigo 22 000 empregos, no decorrer de uma reunião com os principais sindicatos para negociar um programa de corte de custos.

Restauração falida
Cerca de 70 000 bares e restaurantes, um em cada três na Alemanha, estão à beira da falência, consequência das restrições impostas pelo Governo devido à pandemia, nomeadamente no que toca à reabertura dos espaços de restauração.
Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)