Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Fumo em cabine obriga avião da Ryanair a aterrar de emergência

Passageiros ficaram em pânico e alguns recusaram voltar a embarcar.
Correio da Manhã 22 de Janeiro de 2020 às 16:53
Fumo em cabine obriga avião da Ryanair a aterrar de emergência
Fumo em cabine obriga avião da Ryanair a aterrar de emergência
Fumo em cabine obriga avião da Ryanair a aterrar de emergência
Fumo em cabine obriga avião da Ryanair a aterrar de emergência
Fumo em cabine obriga avião da Ryanair a aterrar de emergência
Fumo em cabine obriga avião da Ryanair a aterrar de emergência

Um voo da Ryanair tinha acabado de levantar voo de Bucareste com destino ao aeroporto de Stansted, no Reino Unido, quando os pilotos se viram forçados a declarar "Mayday" (um código de emergência) e a regressar ao aeroporto poucos minutos depois de descolar.

Os passageiros ficaram em pânico depois de perceberem que uma das cabines se estava a encher de fumo.

A bordo iam 169 passageiros e quatro tripulantes mas não houve feridos. Tudo aconteceu na passada terça-feira.

Os passageiros deviam ter embarcado às 06h40 mas tiveram de trocar de avião. Depois de realizarem a troca, partiram às 10h57. Foi neste segundo segundo avião que tudo aconteceu. Minutos depois de descolarem foram obrigados a regressar devido ao incidente.  

"Foi uma experiência traumática, estava tudo cheio de fumo. Não conseguiamos ver duas filas à nossa frente", disse Cosmin Malureanu, um dos passageiros.

Segundo testemunhas, a tripulação não tentou acalmar as pessoas e as máscaras de oxigénio não chegaram a cair. Para evitar o fumo, muitos utilizaram lenços e roupa na boca.

Um terceiro avião foi preparado para partir às 15h00 mas alguns passageiros recusaram-se a viajar depois do sucedido.

A Ryanair já reagiu e pediu desculpa aos passageiros que foram afetados pelo atraso. 

Ryanair Reino Unido Stansted Bucareste Mayday acidentes e desastres questões sociais passageiros pilotos avião
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)