Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Há um gato diplomata que vai abandonar a "vida pública" por "estar farto dos holofotes"

Palmerston é a mascote do Ministério dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido, onde chegou em 2016.
Correio da Manhã 7 de Agosto de 2020 às 13:13
Gato Palmerston
Gato Palmerston
Gato Palmerston
Gato Palmerston
Gato Palmerston
Gato Palmerston
Gato Palmerston
Gato Palmerston
Gato Palmerston
Gato Palmerston
Gato Palmerston
Gato Palmerston
Gato Palmerston
Gato Palmerston
Gato Palmerston
Palmerston, o gato diplomata do Ministério dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido, 'anunciou' através das redes sociais que se vai "ausentar da vida pública após quatro anos ao serviço do governo britânico". O animal, que se tornou num verdadeiro fenómeno do Twitter, 'comunicou' aos seus seguidores que vai abandonar o cargo de Chefe dos Caça Ratos no final de agosto.

Numa carta escrita em nome do animal e dirigida a Simon McDonald, subsecretário da Commonwealth, pode ler-se que o felino decidiu passar mais tempo "longe dos holofotes" após ter tido a experiência de "trabalhar em casa" durante a quarentena provocada pela pandemia da Covid-19. "A vida longe da 'linha da frente' é mais relaxada, silenciosa e fácil", diz a carta assinada por Palmerston.



O animal foi acolhido em 2016 pelo Ministério, tornando-se num ícone do mesmo, e gerando relatos de uma "rivalidade felina" com Larry, o famoso gato diplomata de Downing Street.

A 'brincadeira' foi sempre muito bem acolhida pelos britânicos que rapidamente se afeiçoaram ao animal. "Os meus 150 mil seguidores no Twitter mostram que mesmo aqueles que têm quatro patas desempenham um papel importante no funcionamento do Reino Unido. Defendi o nosso trabalho, construí relacionamentos e celebrei a diversidade da nossa equipa", pode ler-se. 

Apesar do seu afastamento, Palmerston realça que será para sempre um embaixador do Reino Unido e do escritório das Relações Exteriores.

Simon McDonald respondeu à carta e desejou uma "reforma feliz" a Palmerston, que vai agora para uma casa no campo.
Ver comentários