Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Governo angolano lança primeira pedra da refinaria do Soyo com conclusão prevista para 2025

Com uma área de 712 hectares, a refinaria será construída na localidade de Matanga.
Lusa 13 de Maio de 2022 às 21:37
Angola
Angola FOTO: RODGER BOSCH/AFP via Getty Images
A primeira pedra para a construção da refinaria do Soyo, Angola, que terá capacidade de processar 100 mil barris de petróleo por dia, foi lançada esta sexta-feira e tem data prevista de conclusão para 2025, anunciou a Sonangol.

A refinaria, que se estende numa área de 712 hectares, será construída na localidade de Matanga, no sudoeste do Soyo, província do Zaire, pelo consórcio Quanten Angola, empresa norte-americana que venceu o concurso público para o seu financiamento e construção, em março de 2021.

Segundo um comunicado da Sonangol, o projeto da refinaria do Soyo enquadra-se na estratégia do executivo, definida no Plano Nacional de Desenvolvimento 2018-2022, que prevê a construção de novas refinarias no país, com vista ao aumento da capacidade interna de refinação e da disponibilidade de derivados de petróleo.

O lançamento foi testemunhado pelo Ministro dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás, Diamantino Azevedo, pelo Governador da Província do Zaire, Pedro Makita, pelo embaixador dos Estados Unidos da América em Luanda, Tolinambo Muxinge, pelo presidente da construtora Quanten, Segun Thomas, entre outras entidades presentes.

Soyo Angola Sonangol refinaria petróleo e gás (extração)
Ver comentários
}