Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Grupo de 70 turistas alcoolizados vomita durante voo da Ryanair e causa estragos

Tripulação viu-se obrigada a chamar a polícia. 
Correio da Manhã 10 de Julho de 2019 às 11:00
Grupo de 70 turistas vomita e causa estragos durante voo da Ryanair
Grupo de 70 turistas vomita e causa estragos durante voo da Ryanair
Grupo de 70 turistas vomita e causa estragos durante voo da Ryanair
Grupo de 70 turistas vomita e causa estragos durante voo da Ryanair
Grupo de 70 turistas vomita e causa estragos durante voo da Ryanair
Grupo de 70 turistas vomita e causa estragos durante voo da Ryanair
Grupo de 70 turistas vomita e causa estragos durante voo da Ryanair
Grupo de 70 turistas vomita e causa estragos durante voo da Ryanair
Grupo de 70 turistas vomita e causa estragos durante voo da Ryanair
Grupo de 70 turistas vomita e causa estragos durante voo da Ryanair
Grupo de 70 turistas vomita e causa estragos durante voo da Ryanair
Grupo de 70 turistas vomita e causa estragos durante voo da Ryanair

Cerca de 70 turistas bêbedos vomitaram dentro de um avião e causaram estragos durante um voo da Ryanair procedente de Manchester e com destino a Zadar, na Croácia. 

De acordo com o jornal The Mirror, a situação incomodativa aconteceu no passado sábado, dia 05 de julho, e foi presenciada e filmada por um casal que se encontrava a bordo do avião. 

Aneta Zukow, de 24 anos, e o namorado Piotr Nesan, de 32 anos, estavam no voo de Manchester para Zadar, na Croácia, com dezenas de turistas que iam para o festival de música Hard Island, em Zrce Beach.

No vídeo é possível ver os turistas a causar estragos no voo que durou cerca de três horas e meia. Tendo em conta a situação, a tripulação viu-se obrigada a chamar a polícia. 



Nas imagens divugadas, um dos turistas aparece a vomitar enquanto os amigos se riem da situação.

Segundo declarações de Aneta, o grupo que se encontrava no avião teve comportamentos desrespeitadores como não colocar os cintos de segurança e gritar para conseguirem falar com os amigos que se encontravam noutros locais da aeronave. 

A passageira recorda que estar naquele voo foi "como estar numa selva com animais selvagens". Para Aneta, este foi "o pior voo" da vida dela. "Foi o inferno na terra. Foi horrível", disse a jovem.

Ao longo do voo, os passageiros foram avisados pela tripulação de que não estavam a cumprir as regras. Devido ao facto de não mudarem de comportamento, depois de o avião aterrar foram detidos três homens pela polícia croata.

Ao relatar esta "experiência horrível", Aneta disse ainda que o grupo parecia já estar embriagado antes de entrar no avião. Apesar disso, os turistas foram na mesma autorizados a entrar no voo, que descolou com uma hora de atraso porque a tripulação não conseguia transmitir as informações de segurança devido ao comportamento deles.

Tendo em conta a ocorrência, a Ryanair já se manifestou. Um porta-voz da transportadora aérea referiu que "a
 segurança e o conforto dos clientes, tripulação e aeronaves é a prioridade número um" e acrescentaram que a situação em casa era agora uma questão a ser resolvida pelas autoridades locais. 

Ver comentários