Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Homem deixa 130 mulheres viúvas

Mohammed Abubakar tinha 93 anos e 203 filhos.
31 de Janeiro de 2017 às 19:34
Mohammed Abubakar tinha 93 anos
Mohammed Abubakar tinha 93 anos FOTO: YouTube

Mohammed Bello Abubakar, um pregador muçulmano e famoso na Nigéria, de onde é natural, por ter um modo de vida polígamo, morreu no passado sábado. O homem deixa 130 mulheres viúvas – algumas delas grávidas de novos rebentos – e 203 filhos, conta o Daily Trust.

Abubakar morreu após uma "rápida doença", escrevem as agências de notícias locais, sem nunca especificar qual o problema de saúde que o curandeiro tinha. "Baba [nome pelo qual era conhecido na comunidade] disse-nos que o seu tempo tinha acabado. Disse-me pessoalmente que tinha completado o sua tarefa divina e estava pronto para conhecer o Criador", disse o seu assistente pessoal à News Agency of Nigeria.

Tornou-se famoso em 2008 quando tinha já 86 mulheres e 170 filhos. O ideal de que um homem poderia ter "quantas mulheres pudesse acomodar" era a sua interpretação do Corão que lhe valeu fortes críticas da comunidade.

"Eu não vou atrás delas. Elas é que vêem atrás de mim", disse ‘Baba’ numa entrevista à BBC em 2008. 

Mohammed Bello Abubakar Nigéria polígamo viúvas
Ver comentários