Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Médicos em alerta devido a novo caso de surdez súbita associada à Covid-19

Britânico de 45 anos é o quinto caso reportado no mundo.
Correio da Manhã 14 de Outubro de 2020 às 07:37
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Coronavírus
Os médicos estão em alerta para uma nova condição rara que pode estar associada à Covid-19. Um homem britânico de 45 anos ficou surdo após ter travado uma dura e longa batalha contra a Covid-19.

De acordo com os meios de comunicação britânicos, o paciente sofria de asma, mas de resto era saudável. Ainda assim, teve de passar por cuidados intensivos para se conseguir recuperar. 

O homem foi internado no hospital 10 dias depois de começar a apresentar sintomas de Covid-19. Teve de ser internado nos cuidados intensivos e esteve intubado cerca de 30 dias. Além da surdez, o doente sofreu com hipertensão, anemia, pneumonia associada ao ventilador e um coágulo sanguíneo.

Um zumbido no ouvido esquerdo foi o início da complicação que o levou à surdez. 

É um dos primeiros casos, o quinto reportado mundialmente, de surdez associada à doença. 

Especialistas da Universidade de Londres e de um hospital especializado em otorrinolaringologia afirmam que a perda auditiva súbita pode "passar facilmente despercebida num ambiente de terapia intensiva" e pedem que os médicos estejam atentos.

O caso foi reportado no jornal científico BMJ Case Reports e os médicos defendem que deve ser feita uma triagem para perda de audição em ambiente hospitalar e nos cuidados intensivos. 

Covid-19 saúde questões sociais
Ver comentários