Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Homem morto banido do próprio funeral por chegar à igreja... sentado numa cadeira

Corpo foi embalsamado e envergava uma excêntrico casaco cor de rosa com umas calças brancas.
Correio da Manhã 4 de Dezembro de 2020 às 12:10
Che Lewis na cerimónia fúnebre
Che Lewis na cerimónia fúnebre
Che Lewis na cerimónia fúnebre
Che Lewis na cerimónia fúnebre
Che Lewis na cerimónia fúnebre
Che Lewis na cerimónia fúnebre
Che Lewis, de 29 anos, foi banido do próprio funeral após entrar na cerimónia sentado numa cadeira em vez de deitado num caixão. O caso ocorreu na passada quarta-feita no Porto de Espanha, capital de Trinidad e Tobago.

O corpo de Lewis foi embalsamado a pedido da família e a forma única de entrar na igreja também foi um pedido dos entes queridos. Che estava sentado numa cadeira, vestido com um excêntrico casaco cor de rosa e umas calças brancas. Segundo o New York Times, houve até quem criticasse o facto de Lewis não usar máscara visto estarmos a viver uma pandemia, mesmo que o mesmo não estivesse a respirar... 

Quem não gostou da inovação desta cerimónia fúnebre única foi a igreja que recusou que o funeral decorresse assim. 

O funeral foi transmitido em direto nas redes sociais, e a casa funerária assume que a igreja ficou chocada e não deixou o corpo entrar na igreja daquele modo.

Nas caixas dos comentários da publicação, muitos foram os utilizadores que criticaram o serviço fúnebre 

A dona da casa funerária defende que cada vida "é única" e por isso os funerais também o devem ser.

Lewis acabou por ser colocado num caixão para ser enterrado juntamente com o pai.

Che Lewis questões sociais morte
Ver comentários