Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Noiva escolhe avós para damas de honor após novas medidas impostas devido à Covid-19

Gilian, de 80 anos, e Mary Kennedy, de 90, começaram por achar a ideia absurda mas rapidamente  aderiram.
Correio da Manhã 14 de Janeiro de 2021 às 15:22
Bolo de casamento
Bolo de casamento FOTO: Pixabay

Uma jovem noiva decidiu ter as avós enquanto damas de honor. Quando Megan Kennedy e Thomas Cahoon ficaram noivos começaram logo a planear o grande dia.

Enviaram os convites a todos os que mais amavam e a noiva escolheu dez amigas para damas de  honor. No entanto, com a chegada da pandemia da Covid-19, e com as restrições impostas relativamente ao número de convidados, Megan decidiu que fazia sentido as duas damas de honor serem duas pessoas tão especiais na vida dela: as avós.

Gillian, de 80 anos, e Mary Kennedy, de 90, acharam a ideia absurda, mas rapidamente se entusiasmaram pelo papel de destaque que ganharam no casamento que acabou por ter apenas 15 convidados e aconteceu em outubro, em Londres. A informação, avançada pela BBC, dá ainda conta que as avós foram vestidas de igual e levavam um bouquet enquanto percorriam o caminho até ao altar lado a lado.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Megan Kennedy Thomas Cahoon questões sociais família casamento covid
Ver comentários