Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Influente jornal brasileiro erra duas vezes nome de Marcelo Rebelo de Sousa

“Folha de São Paulo” engana-se em dois dos três nomes do presidente português em notícia da morte de Eduardo Lourenço.
Alfredo Leite(alfredoleite@cmjornal.pt) 1 de Dezembro de 2020 às 20:39
Influente jornal brasileiro erra duas vezes nome de Marcelo Rebelo de Sousa
Influente jornal brasileiro erra duas vezes nome de Marcelo Rebelo de Sousa FOTO: Direitos Reservados

Um dos mais vendidos e influentes jornais do Brasil, o "Folha de São Paulo", enganou-se duas vezes, esta terça-feira, ao escrever o nome do presidente da República portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa.

A propósito de uma notícia sobre a morte do filósofo e ensaísta Eduardo Lourenço, a "Folha" referiu-se a Marcelo como "Rabelo de Souza". O jornal noticiava a nota publicada "no site do governo" (outro erro, já que foi na página web da presidência da República), na qual "Rabelo de Souza" apresentava aos familiares de Lourenço "sentidas condolências pela perda deste amigo, sábio, desta figura essencial do Portugal que vivemos".

É certo que em português rabelo e rebelo (sem maiúscula) são sinónimos do famoso barco que durante décadas transportou vinho do Porto do Douro para as caves de Gaia. Por "rebelo" ser uma variedade de manga indiana, fruta tão comum no Brasil, e rabelo um acessório agrícola, pode a confusão ter aí uma explicação.

Já trocar Sousa por Souza, apelido mais comum na América do sul e central, mas pouco usado em Portugal, parece menos percetível para um diário que se afirma pelo rigor ético-semântico, e que mantém uma parceria comercial com o diário português Público.

Ver comentários