Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Intermediário no assassinato de jornalista maltesa implica ex-segurança do primeiro-ministro Joseph Muscat

Melvin Theuma contou em tribunal que funcionário do gabinete de Muscat lhe pediu para passar mensagem a assassinos presos.
Ricardo Ramos 5 de Dezembro de 2019 às 09:00
Assassinato de jornalista foi combinado em café
Theuma negociou imunidade em troca de contar tudo
Daphne Caruana Galizia foi assassinada à bomba em outubro de 2017
Assassinato de jornalista foi combinado em café
Theuma negociou imunidade em troca de contar tudo
Daphne Caruana Galizia foi assassinada à bomba em outubro de 2017
Assassinato de jornalista foi combinado em café
Theuma negociou imunidade em troca de contar tudo
Daphne Caruana Galizia foi assassinada à bomba em outubro de 2017
O intermediário confesso no assassinato da jornalista maltesa Daphne Caruana Galizia implicou esta quarta-feira em tribunal um ex-segurança do primeiro-ministro Joseph Muscat, fazendo aumentar ainda mais a pressão sobre o chefe do governo, que é acusado de tentar proteger alguns dos envolvidos no caso.

Melvin Theuma, que aceitou contar tudo aquilo que sabe em troca de um perdão presidencial, já concedido, revelou no seu depoimento ter recebido há uns meses a visita de "um tal de Kenneth, que se apresentou como funcionário do gabinete do primeiro-ministro" e que lhe pediu para passar uma mensagem aos três autores materiais do crime, que se encontravam já detidos, prometendo-lhes "liberdade condicional e um milhão de euros a cada um" se mantivessem o silêncio.

Segundo a imprensa maltesa, o misterioso visitante seria Kenneth Camilleri, um ex-polícia que trabalhou até há pouco tempo como segurança do primeiro-ministro.

Theuma contou ainda que o crime foi encomendado pelo empresário Yorgen Fenech antes da eleições de junho de 2017, e que os pormenores foram acertados com os assassinos num café dos arredores de La Valletta. A luz verde final chegou na noite da eleições com um telefonema de Fenech: "É para avançar. Quero Daphne Caruana Galizia morta." *Com agências
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)