Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Irmãs do rei de Espanha vacinadas contra a Covid-19 em Abu Dhabi por não serem prioritárias em Espanha

Infantas Elena e Cristina foram receber a vacina ao emirado onde o pai está exilado.
3 de Março de 2021 às 14:33
Infantas Elena e Cristina
Infantas Elena e Cristina FOTO: REUTERS/Stringer
As infantas Elena e Cristina de Espanha já foram vacinadas contra a covid-19. As irmãs do rei Filipe VI receberam a vacina em Abu Dhabi durante uma visita ao pai, o rei emérito Juan Carlos, avançou o jornal espanhol El Confidencial.

A vacinação aconteceu na segunda semana de fevereiro. Tal como elas, também o rei emérito, exilado neste emirado, foi vacinado e ainda o ex-diretor do Centro Nacional de Inteligência (CNI) Félix Sanz Roldán. Este último terá sido vacinado já no início de janeiro. As infantas e o ex-dirigente espanhol aproveitaram visitas a Juan Carlos para receber a vacina.

Em Espanha ainda teriam de esperar meses para serem vacinados, já que nesta altura apenas os maiores de 80 anos, os residentes em lares e os profissionais de saúde da primeira linha estão a receber doses da Pfizer e da Moderna. Enquanto que as doses da AstraZeneca estão a ser dadas aos trabalhadores da Educação, forças de segurança e saúde, com menos de 55 anos.

Com 57 e 55 anos, Elena e Cristina, respetivamente, teriam de esperar que a população geral fosse vacinada para receber as suas doses da vacina em Espanha. As infantas trabalham ambas em fundações - a mais velha na Fundação Mapfre e a mais nova na Fundação Aga Khan. Neste momento, à semelhança de Portugal, também no país vizinho não há datas para o início da vacinação da população geral.

A casa real espanhola não quis comentar a vacinação das infantas, recordando ao jornal espanhol que as irmãos do rei deixaram, em 2014, de pertencer à família real. Mais tarde, fontes do palácio real disseram que "o rei não é responsável pelos atos das irmãs", tal como não era quando o rei era Juan Carlos. Acrescentando que "tanto Filipe como Letizia e as suas filhas se vacinarão quando chegar a sua vez".
Ver comentários