Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Israel dá vacinas Covid-19 russas à Síria em troca de libertação de mulher

Mulher israelita era mantida em cativeiro em Damasco.
Lusa 21 de Fevereiro de 2021 às 12:44
Vacina russa Sputnik
Vacina russa Sputnik FOTO: Reuters
Israel pagou quase um milhão de euros à Rússia para entregar vacinas contra a covid-19 ao Governo Sírio, como parte de um acordo para a libertação de uma mulher israelita mantida em cativeiro em Damasco.

A informação é avançada hoje por alguns media de Israel e citada pela agência de notícias Associated Press (AP).

As notícias dão conta de um acordo clandestino orquestrado pela Rússia que junta duas nações inimigas - Israel e Síria -- e envolve o pagamento de 1,2 milhões de dólares (quase um milhão de euros). A moeda de troca é agora a vacina Sputnik V.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Rússia Israel Governo Sírio Covid-19 Síria Damasco política
Ver comentários