Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Jacinda Ardern vence legislativas da Nova Zelândia com resultado esmagador

População neozelandesa vai também votar para a legalização da eutanásia e da canábis.
Correio da Manhã 17 de Outubro de 2020 às 14:20
Jacinda Ardern
Jacinda Ardern FOTO: Reuters

Jacinda Ardern foi este sábado reeleita primeira-ministra da Nova Zelândia, com o Partido Trabalhista a obter um resultado histórico de 49% dos votos. 

O Partido Nacional, que ficou em segundo lugar, foi a escolha de 27% dos votantes e os partidos ACT Nova Zelândia e o Partido Verde reuniram 8% da votação.

"Esta noite a Nova Zelândia mostrou ao Partido Trabalhista o seu maior apoio em 50 anos", disse a ministra reeleita.

Com este resultado, a líder trabalhista deverá conseguir a maioria absoluta. Jacinda pode agora formar o primeiro governo de partido único em décadas para tentar implementar a transformação progressiva que havia prometido e que acabaria por não cumprir durante o seu primeiro mandato, quando o seu partido partilhava o poder com o Partido Nacional. A gestão da pandemia de Covid-19 no país terá sido o fator decisivo para os eleitores terem votado em força em Jacinda.

A população neozelandesa vai também votar para a legalização da eutanásia e da canábis e os resultados serão conhecidos no próximo dia 30 de outubro.

As eleições legislativas na Nova Zelândia foram adiadas um mês devido a um surto de Covid-19 registado na cidade de Auckland. 

Têm apenas permissão de entrada no país de cinco milhões de habitantes os residentes, cidadãos nacionais e respetivos progenitores e companheiros.

A Nova Zelândia tem registado apenas casos importados de Covid-19 e não requer o uso obrigatório de máscara e distanciamento social nos espaços públicos. Registou, até ao momento, menos de 2.000 casos positivos de Covid-19 e 25 mortos.

Ver comentários