Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Jovem ativista do movimento 'Black Lives Matter' e voluntária de 75 anos encontradas mortas

Ambas as mulheres estavam desaparecidas. Suspeito já foi detido.
Correio da Manhã 16 de Junho de 2020 às 00:41
Oluwatoyin 'Toyin' Salau e Victoria Sims
Oluwatoyin 'Toyin' Salau e Victoria Sims FOTO: Direitos Reservados

Uma ativista do movimento 'Black Lives Matter', Oluwatoyin "Toyin" Salau, e uma mulher de 75 anos, Victoria Sims, que estavam desaparecidas foram encontradas mortas pelas autoridades da Flórida. 

As vítimas foram encontradas no bairro de Tallahassee durante o fim de semana. Um suspeito, Aaron Glee Jr., de 49 anos, foi detido e está a ser investigado pelos dois homicídios. 

O motivo para estes homicídios é para já desconhecido e não se sabe se as duas mulheres se conheciam ou se conheciam o alegado homicida. 

Salau tinha sido vista pela última vez a 6 de junho. Nesse dia escreveu no Twitter que tinha sido violada após ter aceitado boleia. A família de Sims, uma voluntária numa organização sem fins lucrativos, recusou prestar declarações à imprensa sobre a morte da mulher. 
Aaron Glee Jr. Black Lives Matter Black Flórida Tallahassee Monday
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)