Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Líbano: Governo aprova criação de tribunal

O governo libanês aprovou esta segunda-feira o projecto da Organização das Nações Unidas (ONU) para a criação de um tribunal internacional para julgar os assassinos do antigo primeiro-ministro Rafic Hariri.
13 de Novembro de 2006 às 15:35
“O governo aprovou por unanimidade dos ministros presentes” o projecto proposto, declarou o primeiro-ministro libanês, Fouad Siniora, após uma reunião do governo que se realizou na ausência de seis ministros demissionários e o presidente pró-sírio Emile Lahoud.
Siniora acrescentou ainda tratar-se “de um passo muito importante na via da descoberta da verdade e para que a justiça seja feita”.
Rafic Hariri, membro da maioria anti-síria, foi assassinado em Fevereiro de 2005, na altura que Damasco exercia uma tutela sobre o Líbano, provocando a saída das tropas sírias do país dos cedros, sob pressão da comunidade internacional e de opinião pública libanesa.
Uma comissão de inquérito da ONU pôs em causa, em dois relatórios, responsáveis sírios e libaneses no crime.
Ver comentários