Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Livro revela chamada feita pela Casa Branca a manifestante que participou no ataque ao Capitólio

Informação revelada na obra "The Breach".
Correio da Manhã 27 de Setembro de 2022 às 21:54
Casa Branca
Casa Branca FOTO: Reuters
Um livro escrito pelo antigo congressista americano Denver Riggleman revelou que a central telefónica da Casa Branca fez uma chamada telefónica para um número associado a uma pessoa acusada de participar no ataque ao Capitólio americano, a 6 de Janeiro.

Segundo o jornal britânico The Guardian, a informação revelada no livro The Breach, do antigo congressista republicano, que foi também conselheiro do comité constituído pela Casa Branca para investigar o ataque ao Capitólio, refere ainda que a chamada foi feita às 16h34 e foi atendida por um manifestante já acusado de ter participado no motim.

Riggleman denunciou outras chamadas entre a Casa Branca e pessoas ligadas ao ataque ao Capitólio, antes do dia 6 de janeiro. Segundo o mesmo, a presidente de uma organização conhecida como "Latinos por Trump", Bianca Gracia, recebeu cinco chamadas vindas da Casa Branca.

O The Guardian refere que não se sabe ainda a ligação direta entre as chamadas realizadas e o ataque ao Capitólio, mas fontes próximas do comité constituído insistiram para que os investigadores perseguissem as pistas descobertas por Riggleman.
Capitólio Denver Riggleman Casa Branca Guardian The política distúrbios guerras e conflitos
Ver comentários