Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
7

Maduro atribui acusações de narcoterrorismo a ação extremista dos EUA

Presidente da Venezuela pediu aos militares que estejam alerta contra possíveis ataques.
Lusa 27 de Março de 2020 às 07:31
Presidente da Venezuela, Nicolas Maduro
Presidente da Venezuela, Nicolas Maduro FOTO: Reuters
O Presidente da Venezuela atribuiu esta sexta-feira as acusações de narcoterrorismo feitas pelos Estados Unidos, contra o Governo, a "uma ação extremista" e pediu aos militares que estejam alerta contra possíveis ataques.

"Hoje vimos ações contra vários oficiais venezuelanos, [pessoas] de bem. O Governo de Donald Trump, numa ação extrema, vulgar e miserável, lançou falsas acusações", declarou Nicolás Maduro.

O chefe de Estado venezuelano falava a partir do palácio presidencial de Miraflores, durante uma intervenção transmitida pela televisão estatal venezuelana, com a presença em que esteve acompanhado pelo presidente da Assembleia Constituinte [que só integra apoiantes do regime], Diosdado Cabello, e o ministro da Defesa, Vladimir Padrino López, dois dos 14 membros do Governo acusados pelos EUA.

Governo de Donald Trump Nicolás Maduro Estados Unidos EUA política diplomacia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)