Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Mais de 300 migrantes do navio dos Médicos sem Fronteiras vão desembarcar na Sicília

Organização não-governamental tinha afirmado no passado domingo que as condições físicas e mentais dos migrantes começavam a preocupar.
Lusa 23 de Agosto de 2021 às 08:18
Migrantes aguardam o desembarque do navio "Geo Barents"
Migrantes aguardam o desembarque do navio 'Geo Barents' FOTO: Reuters
O navio "Geo Barents", da organização Médicos sem Fronteiras (MSF), com 322 migrantes resgatados no Mediterrâneo recebeu durante a noite autorização das autoridades italianas para desembarcar no porto de Augusta, na Sicília, após vários dias de espera.

A organização não-governamental tinha feito no passado domingo um novo apelo para que os países da zona concedessem um porto para desembarcar, pois as condições físicas e mentais dos migrantes começavam a preocupar.

O responsável da equipa de resgate do navio, Iasonas Apostolopoulos explicou, num vídeo, que no barco estão 95 menores, 84 deles não acompanhados, e que há casos de queimaduras por gasolina, feridas devido ao sol e desidratação e que, "alguns necessitam cuidados especiais que só podem receber em terra".

Ver comentários