Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Masmorra de Josef Fritzl usada para festas

A cave onde o austríaco Josef Fritzl aprisionou a filha durante 24 anos, engravidando-a sete vezes - um dos filhos-netos viria a falecer -, está a ser utilizada para festas de adolescentes. Para evitar que isto continue a acontecer, as autoridades de Amstetten vão agora isolar o acesso à divisão, que deverá ser demolida, juntamente com o resto da casa, dentro de alguns meses.
15 de Fevereiro de 2011 às 15:19
Josef Fritzl foi condenado a prisão perpétua
Josef Fritzl foi condenado a prisão perpétua FOTO: Reuters

Segundo o 'Daily Mail', os intrusos que têm entrado na masmorra da casa abandonada deixaram para trás uma colchão, garrafas partidas, cadeiras partidas e roupas sujas. "Ir à cave" passou a ser um hábito dos jovens da cidade austríaca.

Josef Fritzl, de 75 anos, está a cumprir prisão perpétua por violação, escravatura e ainda homicídio negligente de um filho-neto recém-nascido.

Por seu lado, Elisabeth Fritzl, de 44 anos, vive com os seis filhos sobreviventes numa casa protegida por cercas e câmaras de vigilância situada numa aldeia a mais de 50 quilómetros de Amstetten. 

Josef Fritzl Incesto Amstetten Áustria Masmorra Incesto
Ver comentários