Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

"Matem-nos a tiro": presidente filipino manda matar quem não cumpra regras para travar contágio do coronavírus

Autoridades têm ordens para disparar caso alguém desrespeite as medidas impostas pelo governo.
2 de Abril de 2020 às 10:58
Ruas nas Filipinas
Ruas nas Filipinas
Ruas nas Filipinas
Ruas nas Filipinas
Ruas nas Filipinas
Ruas nas Filipinas
O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, avisou a população esta quinta-feira de que as autoridades têm ordens para disparar sobre todos aqueles que desrespeitem as medidas impostas para combater o contágio do coronavírus.

"Está a ficar cada vez pior. Por isso, aviso-vos para a seriedade do problema e vocês devem ouvir", disse Rodrigo Duterte.

No país já morreram 96 pessoas e já foram infetadas mais de duas mil.

"As minhas ordens para a polícia e para os militares são que se houver problemas e se houver uma ocasião em que tenham de ripostar e as suas vidas estejam em perigo, matem-nos a tiro. Percebido? Mortos em vez de causarem problemas. Vou enterrar-vos", disse.
coronavírus matar regras medidas presidente filipino filipinas covid-19
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)