Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Médico reformado que continuava a trabalhar morre infetado com coronavírus

Filho de Alfa descreveu-o como uma "lenda viva" que salvou vidas em Inglaterra e África.
1 de Abril de 2020 às 18:25
Alfa Saadu
Alfa Saadu FOTO: Facebook
Alfa Saadu, um médico reformado com 40 anos de carreira, morreu esta terça-feira infetado com o vírus. 

O médico do NHS - o equivalente ao Serviço Nacional de Saúde - trabalhou em vários hospitais londrinos, em Inglaterra, durante a sua carreira mas sucumbiu ao vírus após duas semanas a lutar contra o mesmo. Mesmo estando na reforma, Alfa continuava a trabalhar em part-time para poder salvar vidas.

Alfa tinha 68 anos e deixa a mulher e dois filhos. É o quatro médico do serviço nacional de saúde inglês a morrer vítima do Covid-19. 

"O meu pai era uma lenda viva, salvou vidas de pessoas em Inglaterra e em África", escreveu Dani, filho deste profissional de saúde. 

"O coronavírus não é uma piada, por favor levem isto a sério", pede ainda Dani. 
Inglaterra Saadu saúde política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)