Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Médicos de Wuhan admitem que foram obrigados a mentir sobre pandemia da Covid-19

Profissionais admitiram que o novo coronavírus já circulava em dezembro de 2019 e que tinham conhecimento da mortalidade daquela variante.
Correio da Manhã 19 de Janeiro de 2021 às 13:30
Médicos de Wuhan apanhados a admitir que foram obrigados a mentir sobre pandemia da Covid-19
Médicos de Wuhan apanhados a admitir que foram obrigados a mentir sobre pandemia da Covid-19 FOTO: Direitos Reservados | ITV
Vários médicos chineses admitiram que sabiam da gravidade do novo coronavírus quando este começou a causar várias mortes em Wuhan, na China, mas foram obrigados a mentir sobre os casos, avança o Daily Mail. Os profissionais de saúde afirmaram que sabiam das mortes causadas pela Covid-19 em dezembro de 2019, mas só em janeiro é que a China informou pela primeira vez sobre a fatalidade do vírus à OMS.

Os médicos ter-se-ão apercebido desde o início que a Covid-19 entra transmissível entre humanos, mas foram obrigados a não dizer a verdade, segundo revela o jornal britânico Daily Mail. Esta segunda-feira, vários especialistas apoiados pela OMS confirmaram que Pequim demorou demasiado tempo a responder à gravidade do surto, isto dias depois dos EUA publicarem alegações que sugeriam que a Covid-19 tinha sido criada num laboratório de Wuhan.

Os depoimentos que fazem parte do documentário Outbreak que será transmitido na ITV, acrescentam que existiam evidências de que a China tinha mentido sobre as primeiras fases do surto do novo coronavírus, permitindo que este se transformasse numa pandemia à escala global.

A primeira vez que a China reportou à OMS casos de Covid-19 foi a 31 de dezembro de 2019, quando assinalou 27 infetados. Sem revelar qualquer morte até meados de janeiro. A OMS chegou mesmo a defender a 12 de janeiro, que não existia qualquer "evidência clara da transmissão de pessoa para pessoa" do novo coronavírus.

Os médicos afirmam agora em depoimentos anónimos que participaram numa reunião onde foram instruídos a não falar sobre a natureza do contágio, revela o jornal britânico.
Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
China Wuhan Covid-19 OMS saúde economia negócios e finanças media coronavirus pandemia covid
Ver comentários