Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Memórias de Obama venderam mais de 1,7 milhões de cópias na primeira semana nos EUA

Editora Crown anunciou esta terça-feira que aumentou a impressão inicial do livro de 3,4 milhões de cópias para 4,3 milhões por causa da previsão do aumento da procura.
Lusa 24 de Novembro de 2020 às 21:56
Memórias de Obama venderam mais de 1,7 milhões de cópias na primeira semana nos EUA
Memórias de Obama venderam mais de 1,7 milhões de cópias na primeira semana nos EUA FOTO: Getty Images
A obra "A Promised Land", do antigo Presidente dos Estados Unidos Barack Obama, vendeu mais de 1,7 milhões de cópias na primeira semana em território norte-americano, muito mais do que as memórias dos antecessores no mesmo período.

A editora Crown anunciou esta terça-feira que aumentou a impressão inicial do livro de 3,4 milhões de cópias para 4,3 milhões por causa da previsão do aumento da procura.

"A Promised Land" ("A Terra Prometida") também vendeu mais cópias na primeira semana do que o número combinado das memórias dos antecessores de Obama.

O livro, o primeiro de dois volumes planeados, foi publicado em 17 de novembro e vendeu cerca de 890 mil cópias só no primeiro dia.

Entre os outros antigos 'residentes' da Casa Branca, apenas a antiga primeira-dama Michelle Obama se aproxima destes números enquanto escritora. "Becoming" ("Tornado-se"), publicado em 2018, venceu mais de dez milhões de cópias em todo o mundo e está atualmente no top 20 da Amazon.

"Decision Points" ("Pontos de Decisão"), do antigo chefe de Estado norte-americano George W. Bush, vendeu 775 mil cópias na primeira semana, e "My Life" ("A Minha Vida"), de Bill Clinton, ultrapassou um milhão de cópias nos primeiros oito dias.

As memórias dos dois antigos presidentes venderam até hoje entre 3,5 milhões e quatro milhões de cópias cada, totais que a obra de Obama deverá ultrapassar facilmente.

"A Promised Land" está a caminho de ser um dos livros que não é de ficção mais vendidos de sempre. As vendas iniciais estão a um ritmo comparável à última obra da saga Harry Potter, "Harry Potter and the Deatlhy Hallows" ("Harry Potter e os Talismãs da Morte", de J. K. Rowling, que em 2007 vendeu mais de oito milhões de cópias nas primeiras 24 horas.

O livro também já está à venda em Portugal.

Ver comentários