Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Menino de 13 anos que engravidou babysitter após abusos está “traumatizado”

Mulher de 20 anos seduziu o menor durante meses. Foi condenada a dois anos e meio de prisão.
Correio da Manhã 21 de Setembro de 2020 às 18:15
Leah tinha 20 anos quando abusou do menor
Leah tinha 20 anos quando abusou do menor FOTO: Direitos Reservados

Uma mulher inglesa de Reading, no Reino Unido, foi condenada a dois anos e meio de prisão por vários crimes de abuso sexual cometidos contra um rapaz de 13 anos de quem a inglesa era babysitter. Leah Cordice, de 20 anos, chegou mesmo a engravidar do menor. A mãe da vítima conta que o menino "está traumatizado" e que "dificilmente recuperará" dos episódios de abuso sexual.

A pedófila foi julgada em maio pelo crimes cometidos em 2017 e foi condenada a dois anos e meio de prisão. Entretanto, deu à luz uma bebé, filha do menor de quem abusou. A criança foi entregue para adoção.

Segundo a acusação, Leah seduziu o menor durante vários meses antes de, em janeiro de 2017, alcoolizada, despir-se, tirar as calças ao rapaz e abusado sexualmente dele.

Quando soube que estava grávida, a mulher entrou em pânico e disse que era filho do seu marido. A mentira depressa foi desvendada, mas Leah voltou a esconder a verdade e relatou que o menor é que a tinha violado. Segundo a mãe da vítima, o rapaz "ficou em estado de depressão e à beira de um esgotamento" quando a babysitter fez tais acusações.

"Ele contou-me que às vezes ela expulsava os amigos dele de nossa casa para poder abusar do meu filho. Eu sempre defendi a Leah quando surgiram rumores de que ela abusava de menores, mas nunca pensei que ela nos fizesse uma coisa destas. Ela era uma amiga da família. Mostrou zero remorsos e destruiu o meu filho. È uma mentirosa compulsiva. Vi a  minha neta ser-me retirada, o meu filho ser pai tão novo… Tem sido muito traumático", conta a mãe do menor abusado ao Mirror.

Reading Reino Unido Leah Cordice crime lei e justiça crime crimes sexuais questões sociais
Ver comentários