Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Menino que se quis matar por sofrer de bullying rejeita dinheiro angariado para ir à Disneyland

Quaden Bayles rejeitou o dinheiro angariado pelo comediante Brad Williams.
Correio da Manhã 27 de Fevereiro de 2020 às 10:51
Quaden O menino que implorou pela morte por sofrer de bullying teve o melhor dia da sua vida
Quaden O menino que implorou pela morte por sofrer de bullying teve o melhor dia da sua vida

A família de Quaden Bayles, o menino que pediu para morrer depois de ser alvo de bullying na escola, recusou uma viagem à Disneylândia e disse que o dinheiro angariado no evento de angariação de fundos criado pelo comediante Brad Williams seria para instituições de caridade.

O menino de nove anos tornou-se viral depois de a mãe começar uma campanha anti-bullying.

"Vamos enviar um rapaz maravilhoso para a Disneylândia", disse o comediante americano que também tem nanismo. Mais de 20 mil pessoas se juntaram-se e conseguiram 661 mil euros (723 mil dólares) para a família de Quaden.

A família do menino surpreendeu toda a gente por ter rejeitado o dinheiro, dizendo que preferiam que o mesmo fosse dado à caridade para ajudar a combater o bullying e o suicídio.

O vídeo em que Quaden pede para morrer foi visto por mais de  17 milhões de pessoas.
Quaden Bayles Disneylândia Brad Williams questões sociais nanismo bullying
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)