Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Metade dos casos da variante Ómicron em Inglaterra são em pessoas duplamente vacinadas

Doze dos 22 casos detetados são de pessoas que descobriram que estavam infetadas mais de 14 dias após receberem a última vacina.
Correio da Manhã 4 de Dezembro de 2021 às 17:51
 Reino Unido
Reino Unido FOTO: Getty Images
Metade dos casos de Covid-19 da variante Ómicron em Inglaterra foram detetados em pessoas que receberam, pelo menos, as duas doses da vacina contra a Covid-19.

Dos 22 casos de Ómicron confirmados até ao dia 30 de novembro, 12 deles estavam ligados a pessoas que descobriram que estavam infetadas mais de 14 dias após receberem a última injeção da vacina, avançou o jornal britânico Independent.

Dois desses 12 casos foram detetados em pessoas que receberam a primeira dose da vacina há mais de 28 dias, de acordo com a Agência de Segurança de Saúde do Reino Unido (UKHSA).

Houve ainda seis casos de pessoas não vacinadas e outros dois sem informação sobre vacinação disponível.

Até ao momento não houve ninguém a necessitar de ser hospitalizado nem nenhum óbito.

Os dados disponíveis não evidenciam a capacidade de proteção das vacinas contra a Ómicron, já que a maioria dos casos ligados à variante Delta ocorreram em pessoas totalmente vacinadas.

Mais de 80% da população do Reino Unido com mais de 12 anos já recebeu duas doses da vacina.


Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ómicron Inglaterra Covid-19 saúde medicina preventiva
Ver comentários