Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Morreu Carlos Menem, antigo presidente da Argentina

Senador, de 90 anos, estava internado há vários meses devido a problemas respiratórios e cardíacos.
Correio da Manhã 14 de Fevereiro de 2021 às 15:41
Carlos Menem, ex-presidente da Argentina
Carlos Menem, ex-presidente da Argentina FOTO: Reuters
Morreu o antigo presidente da Argentina, Carlos Saúl Menem, aos 90 anos.

O senador, que estava internado há vários meses devido a problemas respiratórios e cardíacos, morreu este domingo numa clínica em Buenos Aires, avança a imprensa argentina.

Na véspera de Natal teve de lhe ser induzido o estado de coma devido a uma insuficiência renal, embora depois o seu estado de saúde tivesse melhorado, mas acabou por morrer hoje.

Menem foi senador do peronismo e esteve dez anos à frente da presidência do país (1989-1999), num período marcado por denúncias de corrupção, como a exportação de armas do Equador para a Croácia entre 1991 e 1996. Chegou a cumprir prisão domiciliária sobre o caso em 2001. Em 2013 foi condenado a sete anos de prisão.

Dois anos depois, voltou a ser condenado noutro caso de suborno de autoridades com dinheiro público. No total, as penas do antigo presidente somavam nove anos de prisão. No entanto, nunca chegou a cumprir nenhuma, graças ao cargo de deputado que lhe conferia imunidade parlamentar.

Natural de La Rioja, um dos maiores marcos da sua presidência foi o estabelecimento da taxa de câmbio de um peso igual a um dólar.
Carlos Saúl Menem Menem crime lei e justiça política punição / sentença presidente argentina
Ver comentários